Concorrentes | Como parceiros em negocios especificos

Gostou? compartilhe!

Conheça

A disputa pelo consumidor sempre foi uma caracteristica marcante no mundo dos negocios. Na atual conjuntura, o cliente quer sempre mais por menos, mostra o que quer comprar, quanto e como quer pagar, sinalizando claramente que nao e mais tao fiel a marcas como antigamente e a competicao tornou-se muito mais acirrada, criando um ambiente de hipercompetitividade.

Atualmente os concorrentes estao com seus diferenciais competitivos cada vez mais proximos, categorizando um ambiente semelhante a um grid de largada de Formula 1, onde a diferenca de tempo entre os primeiros colocados e calculada em milesimos de segundo; as vantagens sao conquistadas nos minimos detalhes e a diferenca entre vencedores e vencidos e dada numa fracao de segundos.

Como sao tantas as mudancas que estao estabelecendo a nova dinamica dos negocios, as empresas necessitam rever muitas das posicoes firmadas.

Em alguns casos, pode ate soar estranho, os concorrentes estao deixando de ser adversarios para tornarem-se parceiros em negocios especificos. A competicao pelo consumidor continua, so que num outro formato.

A grande verdade na discussao sobre concorrentes e que nao ha mais como esconder seu negocio deles. E preciso se conscientizar que ha uma facilidade muito grande no acesso as informacoes sobre o que acontece com as empresas e seus negocios, reforcada, por exemplo, pela Internet e globalizacao.

A nova realidade desenha um modelo de negocios nao mais associado a um jogo de poquer, onde um adversario desconhecia as cartas do outro. Ela e, sim, semelhante a um jogo de xadrez, onde as pecas estao postas a mesa e podem ser vistas por todos os adversarios.

A diferenca esta na inteligencia, rapidez e firmeza que o jogador, no caso a empresa, reserva nos movimentos de suas pecas, articulados sob sua estrategia.

Independente das condicoes de acordo ou disputa com concorrentes, deve haver um equilibrio entre os focos oferecidos a consumidores e concorrentes. Negligenciar qualquer um deles pode custar caro!

A historia intitulada A Ratoeira ilustra muito bem tal proposta, alem de apresentar os padroes de concorrencia na atual conjuntura de negocios. Conforme descricao no livro Marketing Trends (M.Books, 2004, p.133), de Francisco Alberto Madia de Souza, seu contexto se desenvolve neste sentido:

Um certo dia, o rato olha pelo seu buraco na parede e ve o fazendeiro desembrulhando uma reluzente ratoeira. Sai correndo pela fazenda gritando: Cuidado, ha uma ratoeira na casa...

A galinha deu um sorriso e comentou: Ratoeiras so dizem respeito aos ratos. Ja o porco, manifestando solidariedade ao rato, disse: Cuide-se, mas, se o pior acontecer, prometo rezar por sua alma. E o boi continuou ruminando, indiferente, fingindo nao ver o desespero do rato. Ou seja, para o pobre rato so restou encarar a ratoeira de frente...

Na mesma noite, a ratoeira funcionou. So que, em vez do rato, acabou fisgando o rabo de uma cobra venenosa, que picou a distraida mulher do fazendeiro, levada imediatamente ao pronto-socorro. Devidamente medicada, a mulher passou duas semanas de cama, com muita febre, e acabou sobrevivendo.

So que, para atenuar a febre, nada melhor que uma canja - e la se foi a galinha. Para alimentar os parentes e amigos que vieram visitar a mulher, o porco foi para o forno. E, para comemorar a recuperacao da mulher, nada melhor que um churrasco - e desta vez o voluntario foi o boi.

Moral da historia: concorrente seu nao e apenas aquela empresa que presta o mesmo tipo de servico ou comercializa o mesmo produto que sua empresa. Hoje, a concorrencia nao e apenas especifica, mas generica: todos os produtos e servicos estao concorrendo pela escolha que o consumidor oferece a seu poder aquisitivo.

Faca uma associacao de tudo o que foi comentado com os negocios de sua empresa e tire suas proprias conclusoes; mas seja inteligente, rapido e firme!

Whatsapp Augusto Whatsapp Augusto